O remédio azulzinho funciona mesmo?

Azulzinho

O remédio azulzinho tem esse apelido, que é uma forma carinhosa e mais discreta para chamar o Viagra. Esse medicamento é conhecido mundialmente e leva esse nome pela sua cor predominante.

Usando esse termo também fica mais fácil, em falar de um problema que atinge os homens no mundo todo, que é a impotência sexual e a ejaculação precoce.

Esse medicamento contra a impotência sexual visa a contribuir para que se aconteça uma ereção potente e duradoura, para a penetração e a relação ser satisfatória.

Ele funciona sim, e aqui nesse post, daremos maiores detalhes sobre esse remédio tão procurado pelos homens.

Além disso, o azulzinho também pode ser uma ótima solução para quem busca algum remedio para ejaculação precoce. Entretanto, o seu uso deve ser sempre avaliado por um profissional da saúde.

O comprimido

O comprimido do azulzinho ou Viagra pode ser encontrado em farmácias, drogarias ou até mesmo pela internet, em comprimidos com dosagens de 25mg, 50mg e 100mg, em caixas com 1, 2, 4 ou 8 comprimidos, na cor azul. É produzido pela Pfizer desde o ano de 1998.

A ação desse medicamento

Remédio azulzinhoEsse remédio relaxa os músculos do pênis, aumentando a circulação de sangue e com isso a circulação sanguínea irá fluir melhor nessa região.

Além, de controlar a quantidade de uma enzima que é chamada fosfodiesterase tipo 5 ou PDE 5. Essa mesma enzima que fica localizada no pênis se estiver em quantidades erradas pode dificultar a ereção.

Em homens com impotência sexual, os vasos não conseguem levar uma quantidade suficiente de sangue, pois, esses vasos ficam comprimidos, prejudicando a chegada de sangue e por isso, acaba dificultando a ereção.

O azulzinho, relaxa esses vasos sanguíneos, aumentando o fluxo e a pressão do sangue no pênis e facilitando a ereção.

Seus efeitos colaterais

O azulzinho como qualquer outro remédio pode ter efeitos colaterais para os homens que o usa. Essas contraindicações podem acontecer principalmente quando se faz o uso errado, nesse caso, estamos falando quando o homem toma uma dosagem acima da que é recomendada ou quando já tiver alguns problemas de saúde, nesses casos, esse medicamento pode fazer mal sim.

Suas reações mais comuns podem ser:

  • Dores nas costas, na cabeça ou nos músculos;
  • Taquicardia;
  • Enjoos;
  • Náuseas;
  • Alterações na visão, como turva ou embaçada;
  • Rubor facial;
  • Tontura.

Por esses problemas, ele é contraindicado para homens com problemas cardiovasculares. Por tudo isso, o mais indicado para sua compra seria com a prescrição médica.

A ANVISA e o azulzinho

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, que é responsável por testar, liberar a produção e comercialização desse medicamento, aqui no Brasil, testou e aprovou sua eficácia.

Ela afirma que ele funciona mesmo. Apesar, dele, ter outros concorrentes genéricos, desde o ano de 2003 e que oferecem os mesmos resultados, o Viagra continua sendo o líder de vendas.

O Viagra e a libido

Esse medicamento não aumenta a libido e somente funcionará se houver um estímulo sexual, ajudando a obter e manter a ereção mais facilmente, sempre atuando na dilatação dos vasos de sangue.

Principais causas da disfunção erétil

A disfunção erétil em homens pode acontecer por vários motivos, entre eles podemos citar:

  • Estresse;
  • Preocupação no trabalho ou familiar;
  • Nervosismo e etc.

Exatamente por isso, é muito importante que os homens analisem o que lhe está deixando mal e se existe alguma maneira de solucionar esse problema, antes de começar a ingerir o Viagra.

A duração do efeito do azulzinho

Depois que esse medicamento começar a agir no organismo, poderá durar entre 30 minutos até uma hora, dependendo de organismo para organismo.

Se ele for ingerido logo após uma refeição abundante, esse efeito pode ser retardado e assim, se ganhará mais tempo na cama.

Devemos reforçar que os homens não devem fazer uso de bebidas alcoólicas para melhorar a potência ou a duração do azulzinho.

O preço desse produto

Dependendo de sua quantidade e concentração, seu preço pode variar de R$ 1,65 até R$ 70,00 ou em alguns postos de saúde se consegue esse medicamento gratuitamente, mas irá depender para se conseguir, da sua necessidade e de sua situação financeira.

Seus nomes farmacêuticos

Popularmente o Viagra é chamado de azulzinho, entretanto, essa pílula azul, possui outros nomes farmacêuticos que são Sildenafila ou Sildenafil.

É um medicamento poderoso, funciona de verdade para os homens com disfunção erétil, para melhorar seu desempenho na cama e ter resultados satisfatórios na hora do ato sexual.

Entretanto, o seu uso inadequado pode ser perigoso e por isso, seu uso deve ter um acompanhamento médico.